Compartilhe o Blog CLIRC com seus amigos

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Sentindo o Vento



Ao abrir a janela, em manhã tão bela,
Senti o vento invadindo o centro do meu quarto,
E me lembrei de ti!

Nem sei porque, nem tenho certeza,
Se lembrar de ti, nas forças fortes da natureza,
Vai me trazer paz ou desamor!

Mas, partindo do princípio, que tu fostes flores,
Naquele instante, sem rancores,
Chamei o vento simples de pétalas de flores,
Saindo de ti e se achegando a mim!

E assim, nesta manha raiada,
Eu te entrevi de novo em minha estrada
E nela caminhei correndo com você...
Nas asas dos ventos,
Entrelaçado em mim!!!


Maria da Glória da Paixão Lazaroni
 

Imagem disponível em:
http://cache3.asset-cache.net/xr/82739948.jpg?v=1&c=NewsMaker&k=3&d=F5B5107058D53DF59FFA0B708BB407EF6120932733FE74BEC99CE52214F2DD8E00123AA3B5A18ED0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós do CLIRC ficamos felizes e assim agradecemos por seu comentário!
Volte sempre que puder!
Obrigado!

Quem já passou por aqui