Compartilhe o Blog CLIRC com seus amigos

domingo, 21 de fevereiro de 2010

A procura



Em uma época distante de mim, eu havia sido tudo, nunca, jamais.
fui nadam um pássaro. Fui um beija-flor e a flor
Que esse lépido pássaro beija. Fui deus, ateu, adeus.
Fui uma ilha solitária, fui raso, alto, magro.
Fui o vento, lento, profundo.
Eu havia sido e não fui. Fui o desamor, a dor, a alegria,
Fui lágrimas, esposa, namorada. Fui amigo, inimigo.
Fui amor, fui mágoas, fui momentos, tempo, saudade.
Fui numa época distante e estranha, estranha poesia
Eu havia sido o mar, o ar; fui casa, abrigo.
Fui pontes, postes portos, âncoras, corais...

Eu havia sido; e de tanto que fui,
E por mais que eu fosse não me achava.


Gentil Santos


Imagem disponível em: http://acaogospel.com.br/portal/wp-content/plugins/wp-o-matic/cache/8062a_perdido-300x224.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós do CLIRC ficamos felizes e assim agradecemos por seu comentário!
Volte sempre que puder!
Obrigado!

Quem já passou por aqui