Compartilhe o Blog CLIRC com seus amigos

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Dia de Finados




Vejo sepulturas mil
Lindas construções de pedra,
Mármore, cerâmica, granito.
Lindas estátuas de bronze, prata, ouro.
Às vezes é tanta beleza
Que nem cabe nos olhos.
É uma cidade onde não há leis
Sejam de boa vizinhança ou de trânsito
Mesmo porque os cidadãos dormem um sono
Profundo, eterno, um sono de morte.
Observando cada detalhe por onde passo
Coloco-me a refletir, sobre o fato inegável da morte.
Todos sem exceção alguma terão o mesmo fim
Seja ele pobre ou rico estrangeiro ou não,
Homem ou mulher, autoridade ou não.
Ali, naquela cidade das “gavetas”
Impera um sentimento difícil
De ser vivido na realidade dos vivos,
Mas forte para todos os que estão
A sete palmos abaixo da terra: a IGUALDADE!
Não importa como foi sua vida sobre a terra
Porque sob a terra não há diferença.
Uns se desfazem mais rápido, outros não,
Porém, todos vão se desfazer...
Hoje é dia de Finados, um dia interessante,
Pra refletir sobre tal assunto,
Além de enfeitar as sepulturas com belas flores.

Silvio Luiz


Imagem disponível em http://www.anunciame.com.br/portal/wp-content/uploads/2008/10/ob_finado2005.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós do CLIRC ficamos felizes e assim agradecemos por seu comentário!
Volte sempre que puder!
Obrigado!

Quem já passou por aqui