Compartilhe o Blog CLIRC com seus amigos

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Canto especial




A tarde morre
Sento-me à varanda,
Assisto ao purpurear.
A agonia do dia
Festivo.
Em seu escarlate
Extasiante, indescritível
Tudo veio embebido
Em funda meditação
Sob teatro deleitoso
Da Ave Maria,
Que sutil, delicada, amorosa,
Nos induz à vivência
Da Música Natural
Naqueles momentos
De alta revelação
Estético-sentimental.
Tornando o homem
Expectador privilegiado
De imensurável beleza,
Da qual ele sequer percebe.
Eis que preocupado com “vitrines”
De um mundo frívolo.
Desventurado.

Antônio Moreira


Imagem disponível em: http://ipt.olhares.com/data/big/121/1213321.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós do CLIRC ficamos felizes e assim agradecemos por seu comentário!
Volte sempre que puder!
Obrigado!

Quem já passou por aqui